Saia da Toca

Não importa qual é a sua opinião sobre política, economia ou sobre a natureza humana. O que todos temos em comum é uma compreensão de que vivemos em um mundo cada vez mais incoerente.

Existem diversos motivos pra isso estar acontecendo e o Saia da Toca pretende não apenas explorar as origens desta incoerência, mas enxergar através do caos para entender o que tudo isso significa. 

 

 

Vamos aprender a expandir nossa noção de tempo e com isso extrapolar a noção de que somos, de onde viemos, o que estamos fazendo aqui afinal e pra onde estamos indo.

Ao longo de 5 dias iremos estudar a fundo a condição humana e aprender a reimaginar a nossa história. Longe da filosofia tradicional, aqui a busca será por um entendimento que reverbere por todo o nosso ser e não apenas divirta a mente pensante.


 
Screen Shot 2018-03-18 at 18.00.55.png

marcelo schenberg

Criador do Instituto Plantando Consciência em parceria com seu irmão Eduardo, dedicado à pesquisa científica e ao novo campo de tratamento terapêutico com psicodélicos. Formado em jornalismo pela USP-SP, fez mestrado no California Institute of Integral Studies em Filosofia, Cosmologia e Consciência. Além disso, foi o fundador das casas Berlin e Funhouse (SP) e esteve envolvido com o xamanismo ayahuasqueiro ao longo deste período, tendo organizado inúmeras cerimônias e retiros e viajado para a Amazônia 3 vezes. 

 

o programa


 

ENCONTRO 1

 

No primeiro encontro iremos mergulhar no clímax desta incoerência, procurando pistas que nos mostrem que a sinfonia da existência humana tornou-se uma cacofonia. Vamos ouvir diferentes teorias contemporâneas sobre a consciência e perceber o quanto estamos confusos sobre quem somos ou o que estamos fazendo aqui. É como tomar uma bebida suspeita em uma festa e perdermos a noção de que estamos de fato numa festa, ou se tudo está acontecendo apenas dentro de nossas cabeças. 

Voltaremos então a nossa atenção à primeira via de fuga disponível, a tecnologia, ponderando sobre a pergunta que não quer calar: os robôs se tornarão conscientes? A inteligência artificial já se mostra superior ao raciocínio humano em diversas frentes. Mas o que mais está implícito no ato de pensar? Será possível criarmos tecnologias que se tornem conscientes de si mesmas? O que isto significa?

 

 

encontro 2

 

Depois de chacoalhar as bases e puxar o nosso tapete, no encontro seguinte vamos botar os pés no chão e dar um passo atrás pra entender a origem desta situação, localizando-a no tempo. Vamos acompanhar a evolução do pensamento ocidental a partir de cerca de 500 anos antes de Cristo até a nossa pós-modernidade.

Daremos um zoom no início da Era Moderna para entender melhor de onde vieram nossos pensamentos -  que hoje nos parece tão óbvio, que acreditamos ser apenas "o mundo como ele é", ou "a realidade dos fatos". Experimentaremos um pouco da euforia da mente racional ao descobrir seu potencial para desvendar o mundo e o universo sem ter a necessidade de acreditar em algo.

 

 

encontro 3

 

Todo excesso leva a um processo que é um caminho da vida em busca do equilíbrio. A Era da Razão possuiu a promessa de decodificar o universo e responder a todas as perguntas. Depois de termos experimentado a intoxicação do poder mental liberado pelo Iluminismo, nesse encontro faremos a inevitável descida compensatória, do mais alto cume para os profundos vales de contradições e pontos cegos da Modernidade. 

O pensamento moderno foi desconstruído ao longo dos séculos até chegarmos ao nosso momento presente, a pós-modernidade. Mas o que exatamente o Iluminismo não foi capaz de enxergar em sua gana de "iluminar" tudo? Vestindo nossa roupa de Indiana Jones da consciência, vamos descobrir que o que a razão não vê, é exatamente o que ficou às escuras. Nós iremos então explorar esta caverna profunda da mente, usando o mapa desenhado pelos pioneiros da Psicologia Profunda, a escola que descobriu a vastidão do inconsciente, tanto pessoal (Freud) como coletiva (Jung).

 

 

encontro 4

 

Quão fundo você quer ir no buraco do coelho? Nesse dia iremos refinar a cartografia do inconsciente através da pesquisa do psicanalista tcheco Stanislav Grof com psicodélicos nos anos 60, e a descoberta do que se passa conosco durante o processo de nascimento. Completando o mapa da psique iniciada por Freud e Jung, nos perguntamos: será que estamos de frente ao Santo Graal da consciência?

O que isto sugere sobre nossa civilização global e sobre a condição precária do planeta Terra? Então estaremos prontos pra encarar a ira de Gaia nesses tempos de crise ecológica e social e descobrir o que ela quer de nós.

 

 

encontro 5

 

E agora? Uma vez que desenvolvemos a capacidade de perceber a evolução da consciência em movimento e de juntar os pontos daquilo que parecia desconexo, como trazer esta visão pra nosso cotidiano? Aqui entra o grande desafio.

Vamos descobrir que antes de tentarmos sair de fato da caixinha, precisamos ressignificar crenças e padrões de raciocínio que estão já tão incrustados em nós, tarefa não tão simples como formatar um HD. Por fim, vamos refletir sobre o sofrimento e a busca pela felicidade e também treinar o nosso "olhar arquetípico" - a capacidade de ver através das aparências diretamente no coração dos fatos. 

 

 
 

Calendário

calendario-jpgs.jpg

DIA 13, DAS 19h ÀS 22h30. TODOS OS OUTROS: DAS 19h30 ÀS 22h30.

O ESPAÇO DA PERESTROIKA SP ESTARÁ SENDO UTILIZADO PARA OUTRO CURSO, enTÃO O SAIA DA TOCA ACONTECERÁ NA INCRÍVEL CASA IDEAFIXA

 
 

CASA IDEAFIXA
rua uruana, 154

Localização

hey@rabbithole.run

 
 
 

Valor

6 x R$ 240,00
— ou R$1.300 à vista :)